skip to Main Content
Telefone: 55 (62) 3922.2079
5 Dicas Para Fazer Um Plano De Contas Rural

5 dicas para fazer um plano de contas rural

O plano de contas é uma lista apresentando todas as categorias necessárias para que um empreendimento possa registrar de forma conveniente todos os eventos e movimentações financeiras e econômicas. Um plano de contas rural deve conter, como acontece nas empresas, todas as contas necessárias para o gerenciamento da atividade agrícola ou pecuária.

Através do plano de contas rural, o produtor poderá nortear seus trabalhos, registrando os fatos que envolvem sua atividade, servindo também como base para elaborar o balanço e as demonstrações contábeis de seu empreendimento.

A estrutura base de um plano de contas é bastante semelhante para qualquer atividade e sua montagem deve manter as características de cada atividade, uma vez que cada tipo de empreendimento tem a necessidade de um determinado tipo de conta, com detalhamentos específicos.

As principais contas de um plano de um plano de contas rural

O plano de contas rural, como no empresarial, é dividido em quatro grupos principais:

  • Ativo;
  • Passivo;
  • Receitas;
  • Despesas;

Dentro de cada um desses grupos deve-se criar contas sintéticas, ou agrupadoras, que, por sua vez, possuem contas e subcontas especiais para cada tipo de controle. Assim, cada atividade rural deve ter um plano de contas personalizado, que possa abranger todas as movimentações financeiras.

A lista dos principais grupos e contas do plano de contas rural deve direcionar o trabalho do administrador, fornecendo condições de organizar hierarquicamente todos os elementos que irão fornecer, depois, os resultados e demonstrativos.

Como se trata de um plano de contas bastante maleável, é possível criar todas as categorias de custos e receitas, além de outras movimentações, atendendo qualquer necessidade da produção rural.

Fazendo os lançamentos nas contas devidas, o produtor rural não terá qualquer problema ou erro de escrituração, garantindo resultados confiáveis para sua atividade produtiva.

Plano de contas rural, especial para atividades agropecuárias

O plano de contas rural deve ser elaborado especialmente para atividades agropecuárias, demonstrando, através das contas toda a movimentação ocorrida dentro do período determinado, ou seja, devendo ser maleável o suficiente para atender a produção agrícola, cujo período é diferente do período fiscal das empresas, ou mesmo a produção pecuária, que exige requisitos especiais.

Além dos implementos agrícolas, o produtor rural precisa ter à sua disposição uma formatação especial para sua atividade, com um modelo contábil também específico, em razão de suas necessidades e particularidades de sua atividade.

O plano de contas rural, portanto, deve permitir manter o controle e o planejamento da produção agrícola ou pecuária, atendendo quesitos como safra, entressafra, mercados futuros e sazonalidade.

É necessário entender que, para manter o controle de qualquer atividade rural, o produtor precisa manter um grau de gerenciamento detalhado, conhecendo todos os recursos à sua disposição, registrando implementos agrícolas, equipamentos utilizados na produção, compra e venda de produtos ou animais e outros quesitos exigidos pela sua atividade para que possa direcionar suas decisões de forma a garantir maior produtividade e manter a qualidade de seus produtos.

A função do administrador rural

O administrador rural tem como principais funções planejar, controlar, avaliar os resultados e tomar decisões, devendo conhecer todos os fatores que influenciam em sua atividade e, ainda por cima, deve analisar o comportamento do mercado, já que trabalha com commodities, que têm seus preços dependendo única e exclusivamente da oferta e da procura.

Em razão disso, deve manter o controle total sobre sua atividade, conhecendo os dados para analisar sua capacidade de produção e garantir lucros para seu empreendimento.

A necessidade de um plano de contas rural, portanto, é essencial para o produtor que, muitas vezes, também é o próprio administrador. O papel do contador é importante para oferecer suporte, mas quem fornece os dados sempre é o próprio produtor, que detém o comando de sua propriedade.

Para montar o seu plano de contas rural, é recomendável que o produtor faça um levantamento de todo o seu patrimônio e dos insumos que possui, fazendo uma relação, se possível com todos os valores, determinando, em primeiro lugar, o real valor de sua propriedade e dos bens que ela contém.

Como se trata de um plano de contas específico, é necessário analisar cada grupo de conta através de alguns pontos básicos, como podemos ver a seguir:

1.    Atividades da propriedade rural

Para começar, é preciso fazer uma análise detalhada de tudo o que compõe o empreendimento rural, de forma a permitir o planejamento das atividades que são executadas.

Para facilitar essa análise, o produtor rural deve elencar tudo o que envolve sua atividade, seja ela agrícola ou pecuária. Assim, por exemplo, é necessário detalhar o tamanho das plantações, a época de plantio e de colheita, a necessidade de equipamentos e insumos, entre outras.

Na pecuária, deve-se considerar a quantidade de cabeças que devem ser manejadas, considerando as necessidades exigidas para conseguir um plantel lucrativo.

2.    Contabilidade rural

Depois do levantamento e da formatação de contas específicas para cada tipo de atividade, o produtor deve manter o controle sobre todas as despesas com pessoal, equipamentos e insumos, além das despesas normais que sua atividade exige.

É importante detalhar as contas exigidas para cada tipo de despesas, evitando que valores sejam lançados em contas erradas para que os resultados sejam corretos.

3.    Despesas da produção rural

Cada tipo de atividade exige um tipo de despesa diferente. Por isso, é importante que o produtor rural tenha contas detalhadas para cada tipo de atividade. Assim, por exemplo, se a atividade envolve o plantio de produtos diferentes, cada tipo de produto deve ter a sua conta específica e seu controle à parte, reunindo todos os valores apenas na hora de fechar o balanço.

4.    Receitas da produção rural

Da mesma forma que as despesas devem ser divididas por atividade, as receitas também devem possuir suas contas específicas. Por exemplo, se o produtor rural possuir receitas provenientes de cultura diferentes, cada cultura precisa de uma conta específica.

Assim, será possível saber se aquele tipo de cultura está fornecendo a lucratividade necessária, podendo fornecer ao produtor informações para que tome as decisões mais acertadas para cada tipo de receita.

5.    Controle do estoque rural

Contas especiais devem ser definidas para o estoque, principalmente porque alguns insumos podem atender um tipo de atividade e não outro. O produtor rural deve registrar tudo o que compra, catalogando cada tipo de insumo em uma conta dentro do grupo da atividade para a qual ele está sendo destinado.

Diante da complexidade de cada tipo de atividade, é importante contar com a ajuda de um contador experiente, que possa resolver todas as dúvidas e elaborar um plano de contas rural que atenda realmente as necessidades do produtor rural.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Rayc. Nós podemos te ajudar e garantir que o seu negócio tenha todas as tarefas contábeis, fiscais e tributárias em dia.

Sucesso e até logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top